sábado, 5 de setembro de 2009

Duas Palavras

Este livro reúne crônicas que foram publicadas na Internet, em espaço virtual que criei com a finalidade de divulgar textos de minha lavra. Inicialmente, crônicas que já dispunha em meus arquivos, algumas dessas publicadas em livro e outras que tinham saído no “Jornal do Commercio” do Recife, repetidas, então, no Blog: http://www.blogdegeraldopereira.blogspot.com/ . Mas, certa vez, fiando conversa com Prof. Carlos Miranda, ouvi um comentário que me agradou. O de que valia a pena publicar os fatos pitorescos que assistira em minha passagem como Vice-Reitor, na Universidade Federal de Pernambuco. Comecei, assim, a divulgar naquele espaço virtual esse material guardado na memória. Como uma coisa chama a outra, passei a incluir, também, fatos divertidos de minha vida em geral. E dessa forma o livro foi sendo forjado, lido aqui e ali, alhures também, recebendo mensagens de brasileiros e de outros leitores espalhados por esse mundo de Deus.
Mas, quando digo que um professor da Universidade me estimulou a escrever essas linhas que agora são reunidas em livro, não posso deixar de lembrar que as funcionárias do NUSP – Núcleo de Saúde Pública e Desenvolvimento Social – me ajudaram muito no pouquíssimo tempo que tive para juntar esses alfarrábios e enviar para os meus amigos que completaram o volume e na verdade deram graça e leveza. Mariza Maia de Andrade uma dessas, Elze Suely Costa Martins Oliveira outra e Maria Edione Silva mais uma. Não fossem elas, dificilmente poderia finalizar esta coletânea de artigos. Fizeram mais do que podiam e até Edivaldo Ferreira de Lima, motorista do NUSP, não mediu esforços para levar os originais aos autores dos complementos dessa coletânea. Mas, motorista que inspirou uma das crônicas, a que fala de “Lábios de Mel”.
Eu venho exercitando esta arte, a de escrever, faz algum tempo. Inicialmente com uma escrita científica rígida, dando conta de minhas pesquisas no campo da Medicina Tropical, especialidade com a qual me afinei na vida profissional. Mas, depois incursionando pela seara das ciências sociais, um pouco de sociologia ou de antropologia, para complementar a investigação médica, nunca distanciada desses necessários aperfeiçoamentos, que só completam o raciocínio e facilitam as conclusões.
A seguir, passei a preparar textos leves e bem humorados – às vezes saudosos –, os quais saíram nas páginas do periódico já referido e foram posteriormente reunidos em livros. Não posso dispensar a citação de que a evolução de meus trabalhos me levou à publicação de ensaios a propósito de história da medicina, após a apresentação em congressos da especialidade; publicação na grande teia virtual, em página da Sociedade Brasileira de História da Medicina: http://www.sbhm.org.br/ Culminando, assim, com esse tipo moderno de divulgar a própria escrita: a Internet.
Confesso que gostei e gosto de meu espaço virtual, o Blog, atualizado a cada semana com uma nova crônica. Atualmente, tenho escrito sobre o geral das coisas e menos a propósito do que vivi de pitoresco, de engraçado. Uns gostam e outros insistem para que prossiga com os textos leves, aqueles das graças ou das comicidades. De uma forma ou de outra o Blog vai sendo mantido e lido. E agora, com todo este material junto, o livro vai a lume, esperando que o leitor faça bom proveito.
(*) - Texto escrito como introdução ao livro que devo publicar em outubro, com o título "Histórias Pitorescas de um Reitor e o Pitoresco de Outras Histórias". Comente no espaço mesmo do Blog ou para pereira@elogica.com.br ou para pereira.gj@gmail.com

4 comentários:

  1. Professor, venho caminhando na "contramão": escrevi livremente e cheguei a publicar um livro e agora me "moldo" para escrever academicamente, pois assim a vida profissional me obriga, e a academia exige. São duas formas tão caracteristicamente diversas quanto os docinhos são dos salgadinhos, mas ambos precisam estar em todas as festas. Parabéns pelo futuro livro e continue no seu exercício hebdomadário de nos presentear com essa pílula que, placebo ou não, nos doura a vida. Abraços, Carlos.

    ResponderExcluir
  2. Geraldo,quem vem acompanhando o seu blog, sabe o bom proveito que vai tirar deste livro que está para nascer.
    Na Introdução, você revela, bem,os conteúdos intelectuais, sejam eles pitorescos, leves ou sobre os gerais das coisas da vida.
    Agora, é aguardar.

    ResponderExcluir
  3. ¡Que bem Geraldo! Imagino o revuelo que essas hormigas da ilusão estão a levantar em teu interior, agitando tua emoção, animando tua insónia de caminho para essa vigília de sonho, como aquela primeira vez.
    ¡Esperamos ansiosos!
    Uma vez mais, desculpa meu mau português.
    Hermenegildo

    ResponderExcluir
  4. Heyas Ive just found this site[url=http://www.designsonline.co.uk/Backlink-Building.html].[/url]

    ResponderExcluir